sexta-feira, 26 de abril de 2019

LITERATURA / "Eu Sou a Minha Poesia" de MARIA TERESA HORTA / DOM QUIXOTE - POESIA

Nas livrarias a 30 de Abril


Eu Sou a Minha Poesia reúne uma secção feita por Maria Teresa Horta dos poemas que a autora considera serem os essenciais da sua obra. Um longo percurso poético, iniciado em 1960, que se mantém vivo e cuja actualidade e ousadia a colocam na vanguarda da poesia portuguesa.

De cunho marcadamente feminista e erótico, uma poesia de intervenção e desobediência, que dá voz ao imaginário e ao desejo da mulher.

Uma obra literária ímpar que é um grito de coragem e uma afirmação de liberdade.

quinta-feira, 18 de abril de 2019

LITERATURA / "Alma" de MANUEL ALEGRE / DOM QUIXOTE

A presente edição, a 16.ª, traz consigo o texto lido por Mário Soares na primeira apresentação do livro, a 21 de Dezembro de 1995, em Lisboa.

Nas livrarias a 23 de Abril


A memória nostálgica dos lugares encantatórios da infância. De Alma, vila mágica onde convivem tradição e subversão, melancolia e audácia, crendices, ideologia e futebol. Dessa infância vêm os cheiros, os sons, as imagens e as emoções que norteiam a vida. Toda a vida: não há flecha que não tenha o arco da infância. Pela voz audaciosa de quem não receia dar-se a conhecer, chegam-nos os ecos de um Portugal dividido entre a República e a Monarquia, um país que era, à época, o mundo de uma criança expectante e atenta. Um testemunho autobiográfico que é também um documento histórico de um passado recente que muitos ignoram.

sábado, 6 de abril de 2019

LITERATURA / "As Memórias Secretas da Rainha D. Amélia" de MIGUEL REAL / DOM QUIXOTE

4.ª Edição.
Nas livrarias a 9 de Abril


Furtado do espólio de Salazar aquando da invasão dos seus antigos apo­sentos no dia 25 de Abril de 1974, o manuscrito «As Memórias Secretas da Rainha D. Amélia», escrito nos últimos anos de vida e doado pela própria à Casa de Bragança, em Lisboa, através da mão do chefe do Estado Novo, foi recuperado em Sófia, na Bulgária, na Comemoração do Centenário da República, por Miguel Real, que foi incumbido de o depositar na Torre do Tombo, já o tendo feito.

Neste manuscrito, a Rainha D. Amélia retrata a sua vida em doze pequenos capítulos, equivalente a um por cada mês do ano, organizados em quatro grandes partes, seguindo o ritmo das estações, da Primavera, na infância, ao Inverno triste da sua velhice. Um documento pungente, doloroso e comovente, fortemente crítico de Portugal e dos Portugueses, permanente­mente iludidos pelas artimanhas de elites ineptas e ignorantes.

sexta-feira, 5 de abril de 2019

ESTA TARDE NO ELOS CLUBE DE LISBOA - CONVITE LANÇAMENTO LIVRO DE POESIA


Inês Benedita é o pseudónimo de Margarida Cruz, nascida em Julho de 1972, em Lisboa. Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa em 1995, é Reumatologista desde 2003. Fundou a Unidade de Reumatologia no Hospital de Faro, em 2003 e dirigiu mais tarde o Serviço de Reumatologia do Hospital das Caldas da Rainha, entre 2005 e 2011. Desde então, exerce Medicina como profissional liberal e em voluntariado, dedicando-se ainda à investigação clínica. Vive actualmente em Caldas da Rainha, com o marido e os três filhos. Publicou os dois primeiros livros de poesia em 2016, com os títulos “Trilogia dos Dias”, Prémio Revelação de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos em 2004 e “A Sombra da Tília Ausente”. Publicou o terceiro livro de poesia em 2018, com o título “Espelho Meu, Onde Deixei o Meu Chapéu?”. “Código de Borras” é o seu quarto livro de poesia.


ESTA TARDE NO ELOS CLUBE DE LISBOA - CONVITE LANÇAMENTO LIVRO DE POESIA

Inês Benedita é o pseudónimo de Margarida Cruz, nascida em Julho de 1972, em Lisboa. Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa em 1995, é Reumatologista desde 2003. Fundou a Unidade de Reumatologia no Hospital de Faro, em 2003 e dirigiu mais tarde o Serviço de Reumatologia do Hospital das Caldas da Rainha, entre 2005 e 2011. Desde então, exerce Medicina como profissional liberal e em voluntariado, dedicando-se ainda à investigação clínica. Vive actualmente em Caldas da Rainha, com o marido e os três filhos. Publicou os dois primeiros livros de poesia em 2016, com os títulos “Trilogia dos Dias”, Prémio Revelação de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos em 2004 e “A Sombra da Tília Ausente”. Publicou o terceiro livro de poesia em 2018, com o título “Espelho Meu, Onde Deixei o Meu Chapéu?”. “Código de Borras” é o seu quarto livro de poesia.


quinta-feira, 4 de abril de 2019

CONVITE LANÇAMENTO LIVRO DE POESIA


Inês Benedita é o pseudónimo de Margarida Cruz, nascida em Julho de 1972, em Lisboa. Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa em 1995, é Reumatologista desde 2003. Fundou a Unidade de Reumatologia no Hospital de Faro, em 2003 e dirigiu mais tarde o Serviço de Reumatologia do Hospital das Caldas da Rainha, entre 2005 e 2011. Desde então, exerce Medicina como profissional liberal e em voluntariado, dedicando-se ainda à investigação clínica. Vive actualmente em Caldas da Rainha, com o marido e os três filhos. Publicou os dois primeiros livros de poesia em 2016, com os títulos “Trilogia dos Dias”, Prémio Revelação de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos em 2004 e “A Sombra da Tília Ausente”. Publicou o terceiro livro de poesia em 2018, com o título “Espelho Meu, Onde Deixei o Meu Chapéu?”. “Código de Borras” é o seu quarto livro de poesia.

quarta-feira, 3 de abril de 2019

CONVITE LANÇAMENTO LIVRO DE POESIA



Inês Benedita é o pseudónimo de Margarida Cruz, nascida em Julho de 1972, em Lisboa. Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa em 1995, é Reumatologista desde 2003. Fundou a Unidade de Reumatologia no Hospital de Faro, em 2003 e dirigiu mais tarde o Serviço de Reumatologia do Hospital das Caldas da Rainha, entre 2005 e 2011. Desde então, exerce Medicina como profissional liberal e em voluntariado, dedicando-se ainda à investigação clínica. Vive actualmente em Caldas da Rainha, com o marido e os três filhos. Publicou os dois primeiros livros de poesia em 2016, com os títulos “Trilogia dos Dias”, Prémio Revelação de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos em 2004 e “A Sombra da Tília Ausente”. Publicou o terceiro livro de poesia em 2018, com o título “Espelho Meu, Onde Deixei o Meu Chapéu?”. “Código de Borras” é o seu quarto livro de poesia.

terça-feira, 2 de abril de 2019

CONVITE LANÇAMENTO LIVRO DE POESIA



Inês Benedita é o pseudónimo de Margarida Cruz, nascida em Julho de 1972 em Lisboa. Licenciada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Lisboa em 1995, é Reumatologista desde 2003. Fundou a Unidade de Reumatologia no Hospital de Faro, em 2003 e dirigiu mais tarde o Serviço de Reumatologia do Hospital das Caldas da Rainha, entre 2005 e 2011. Desde então, exerce Medicina como profissional liberal e em voluntariado, dedicando-se ainda à investigação clínica. Vive actualmente em Caldas da Rainha, com o marido e os três filhos. Publicou os dois primeiros livros de poesia em 2016, com os títulos “Trilogia dos Dias”, Prémio Revelação de Poesia da Sociedade Portuguesa de Escritores e Artistas Médicos em 2004 e “A Sombra da Tília Ausente”. Publicou o terceiro livro de poesia em 2018, com o título “Espelho Meu, Onde Deixei o Meu Chapéu?”. “Código de Borras” é o seu quarto livro de poesia.