sexta-feira, 24 de setembro de 2021

AUTORES NACIONAIS | PEDRO RUI SOUSA














Direitos de autor: foto Facebook do autor


Estou numa missão para partilhar luz e encorajamento através da minha escrita. Procuro rodear-me de beleza e propósito enquanto busco respostas para as eternas perguntas. Tenho como suporte a filosofia e a espiritualidade e como parceiros de criação os trabalhos de Milan Kundera, Hermann Hesse e Antonio Tabucchi, entre outros. Renasci em Hong Kong, onde vivi exilado durante vários anos. Fiz psicanálise durante uma década e hei-de meditar para sempre. Acredito no potencial da escrita como ferramenta para compreender o passado e projetar o futuro. Um dia, vou escrever uma utopia em que todas as personagens brilharão sem restrições.

DIVULGAÇÃO | A MULHER DE VESTIDO VERMELHO QUE DANÇA NA PRAIA, de PEDRO RUI SOUSA | SUMA DE LETRAS

 


Hong Kong, uma cidade em luta, é testemunha da busca do protagonista do romance. A busca por algo que serene o vazio existencial e preencha a solidão da qual não consegue escapar.

Guiado pelas circunstâncias, experiências várias e uma vontade incessante de encontrar uma resposta, o autor convida-nos a uma viagem intimista, na qual acompanhamos, na primeira pessoa, as inquietudes de quem procura Amor nesta sociedade digital.

Em capítulos curtos, numa leitura trepidante, o protagonista utiliza um site de encontros para achar o amor, aulas de Filosofia para pensar o mundo, e o próprio projecto de escrita como inspiração para o caminho que, inevitavelmente, o leva até uma luz no fundo do túnel.


quinta-feira, 23 de setembro de 2021

AUTORES NACIONAIS | DIOGO FARO

 











Estas auto-biografias devem ter sido inventadas pelo Narciso e soam sempre àquele aluno que, na auto-avaliação, diz à professora que merece 20 e é só mesmo porque não dá para mais. Portanto, a única coisa que me parece relevante saberem sobre mim é que sou comediante, viajante tanto quanto posso e sou um bom e assumido apreciador da vida boémia, já de merecida reputação. Ah, e acho que os Direitos Humanos são uma coisa mais ou menos decente pela qual devemos bater-nos.


Foto: Penguin Random House

DIVULGAÇÃO | PROCESSO DE HUMANIZAÇÃO EM CURSO, de DIOGO FARO

 



Quem diz que não discute política, é porque vive num mundo à sua medida. No entanto, não é esse o caso para 99% da população mundial. 

O humorista, activista e cronista Diogo Faro acredita que um mundo melhor – para ele e para todos nós – é possível. Mas um mundo melhor não se materializa à nossa frente por mero desejo ou pondo em prática a «lei da atracção». Denunciar crimes e injustiças, ouvir e observar o que nos rodeia com sentido crítico, conhecer o passado, desenvolver a empatia e praticar a generosidade não são apenas pormenores de conduta pessoal, mas sim o que nos separa de uma tragédia iminente.

Confrontar o privilégio de alguns, exigir equidade e rejeitar a violência e a exploração são acções de que já não podemos fugir se queremos sobreviver. Este é o momento para entrar na luta e erguer a voz contra o racismo, a homofobia, o fascismo, a emergência climática, a violência de género e o neoliberalismo. A luta contra a desigualdade é a luta pela Humanidade.


quarta-feira, 22 de setembro de 2021

AUTORES INTERNACIONAIS | DOUGLAS STUART
















Douglas Stuart nasceu e cresceu em Glasgow, na Escócia. Estudou no Royal College of Art em Londres.

Em 2000, mudou-se para Nova Iorque, onde começou uma carreira na área do design de moda. Tem escrito ficção e ensaio em publicações como a New Yorker e a Literary Hub.

Com "Shuggie Bain", o seu primeiro romance, que escreveu ao longo de dez anos, arrecadou, em 2020, o Man Booker Prize, um dos mais importantes prémios literários de língua inglesa, e foi eleito Livro do Ano nos British Book Awards, além de ter sido finalista de muitos outros prémios de prestígio.


Foto: Penguin Random House

DIVULGAÇÃO | SHUGGIE BAIN, de DOUGLAS STUART | ALFAGUARA


 














1981, Glasgow. A outrora próspera cidade mineira sufoca sob o jugo férreo das políticas de Margaret Thatcher, lançando milhares de famílias para a miséria. A epidemia do álcool e das drogas aproveita para capturar os mais vulneráveis.

Agnes Bain esperava mais da vida. Sonha com uma casa só sua e folheia catálogos de compras a crédito, na vã tentativa de alegrar a existência precária a que fica condenada quando o marido, um taxista mulherengo, a abandona, sem emprego e com três filhos. Com cabelos negros sedosos e ondulados, maquilhagem esmerada e dentes falsos perfeitos, parece a Elizabeth Taylor de Glasgow, mas, por baixo da aparência orgulhosa, as malhas do vício enredam Agnes, que mês após mês gasta o abono de família em latas de cerveja e maços de tabaco. Os filhos fazem o melhor que podem para cuidar de si e da mãe, mas, um a um, vêem-se obrigados a abandonar a casa materna, para tentar pelo menos salvar-se.

Fica Shuggie, o mais novo, que adora a mãe e não perde a esperança de a salvar. Mas, aos oito anos, o rapaz tem a sua própria luta pessoal para travar: delicado, sensível, comporta-se como um príncipe e destoa da dureza da escola e das ruas devassadas pela pobreza. Anseia apenas ser normal e encaixar, mas é o último a perceber que carrega um segredo e nunca poderá ser igual aos outros.

Com ecos de autores como Frank McCourt, D. H. Lawrence e James Joyce, Shuggie Bain é um magnífico romance de estreia de um autor que tem uma história importante para contar, inspirada na sua própria. Uma história dilacerante de dependência, carência e afecto, um retrato épico de uma cidade, um quadro íntimo de uma família destroçada e, sobretudo, uma extraordinária história de amor.

segunda-feira, 20 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | O REINO, de JO NESBO | DOM QUIXOTE

 NAS LIVRARIAS A 21 DE SETEMBRO

















Quando os pais de Roy e Carl morrem inesperadamente, Roy tem de assumir o papel de protetor do impulsivo irmão mais novo. Porém, quando Carl decide partir para percorrer o mundo em busca de sucesso, Roy fica para trás na pacata vila, satisfeito com a sua vida de mecânico e proprietário da estação de serviço local.

Alguns anos depois, Carl regressa a casa com Shannon, a sua carismática mulher arquiteta. Chegam cheios de planos e entusiasmo para construírem um hotel de luxo na propriedade da família. Carl não pretende apenas que ele e o irmão fiquem ricos, mas proporcionar prosperidade e riqueza a todos os habitantes da vila.

E é apenas uma questão de tempo até que um triunfante regresso desencadeie uma série de acontecimentos que ameaçam tudo o que Roy mais ama, e os perturbantes segredos de família, há muito enterrados, comecem a vir ao de cima…

domingo, 19 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | OS EXÉRCITOS DA NOITE, de NORMAN MAILER | DOM QUIXOTE

 NAS LIVRARIAS A 28 DE SETEMBRO
















21 de outubro de 1967, Washington. É o dia da Marcha sobre o Pentágono, a grande manifestação contra a Guerra do Vietname que culminou em violentos confrontos e com a detenção de centenas de pessoas. Nela estão presentes todos os grupos da Velha e da Nova Esquerda, hippies, liberais de classe média, militantes negros, quakers, cristãos, feministas e as mais variadas tribos urbanas.

Mailer, tal como muitas outras estrelas da cultura americana da época, foi, viu, participou, sofreu na pele a repressão, foi preso e depois escreveu um dos livros mais inteligentes sobre os anos 60, os seus mitos, heróis e demónios.

Um livro-documento que destrói os moldes da reportagem tradicional, entrelaçando magnificamente jornalismo, história e ficção, e que reflete algumas das grandes questões da sociedade contemporânea.

Os Exércitos da Noite não é apenas uma incursão no terreno misterioso que medeia ficção e não-ficção.

É também uma peça fundamental na autobiografia de Norman Mailer, que neste «romance de não-ficção» se torna personagem, deixando que a história fale através dele.

sábado, 18 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | CONHECER UMA MULHER, de AMOS OZ | DOM QUIXOTE

 NAS LIVRARIAS A 28 DE SETEMBRO

















Yoel Raviv, um agente secreto israelita, acaba de ficar viúvo em circunstâncias pouco claras e decide reformar-se e alugar uma casa nos arredores de Telavive, onde pode começar uma nova vida com a filha, a mãe e a sogra. Este espião profissional consegue assim disponibilidade para observar filosoficamente a vida e descobrir a verdade oculta por detrás de todas as suas relações. Mas esse período de paz torna-se um caminho difícil para Yoel, que descobre que, na verdade, não sabia nada sobre a mulher. Porém, talvez o mais importante seja ter chegado à conclusão de que nunca realmente deu ouvidos a nenhuma mulher da sua família. Depois de uma vida inteira a descobrir os segredos dos outros, vê-se forçado a rever a sua própria existência: as mentiras que disse, o enigma sombrio da vida e morte da mulher, a triste realidade de uma vizinha ninfomaníaca e de um irmão voyeur, os anos ao serviço do Estado, o misterioso comportamento da filha. Conhecido pela sua habilidade para detetar mentiras, Yoel tem ainda de aprender a não se enganar a si próprio.

E, se de facto conheceu muitas pessoas, a verdade é que as compreendeu muito pouco...

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | AS MARAVILHAS, de ELENA MEDEL | DOM QUIXOTE




 NAS LIVRARIAS A 28 DE SETEMBRO
















Qual o peso da família nas nossas vidas, e qual o peso do dinheiro? Que acontece quando uma mãe decide não cuidar da sua filha, e quando uma filha decide não cuidar da sua mãe? Seríamos diferentes se tivéssemos nascido noutro sítio, noutro tempo, noutro corpo?

Neste romance há duas mulheres: María, que em finais dos anos sessenta deixa a sua vida numa cidade de província para trabalhar em Madrid; e Alicia, que faz o mesmo caminho trinta anos mais tarde, mas por razões diferentes. E há, claro, a mulher que as une e de quem praticamente não se fala: filha de uma e mãe da outra.

Uma história sobre o dinheiro, ou melhor, sobre como a falta de dinheiro pode determinar uma vida inteira de precariedade e matar todos os sonhos. Mas é também uma história sobre cuidados, responsabilidades e expetativas e sobre o passado recente da Península Ibérica, desde finais da ditadura até à explosão do feminismo, contada por duas mulheres que tãopouco podem ir às manifestações lutar pelos seus direitos porque têm, claro, de trabalhar.

quinta-feira, 16 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | NOTAS SOBRE UM NAUFRÁGIO, de DAVIDE ENIA | DOM QUIXOTE

NAS LIVRARIAS A 21 DE SETEMBRO 

















«Este livro é um romance. Conta o que está a acontecer no Mediterrâneo – as travessias, os salvamentos, os desembarques, as mortes – e fala da relação entre mim e o meu pai, abordando ainda a doença do meu tio, seu irmão.»

É assim que Davide Enia apresenta Notas sobre Um Naufrágio, um livro que parte da sua experiência em Lampedusa, lugar de um naufrágio simultaneamente individual e coletivo.

De um lado, estão os que atravessaram vários países, e depois o mar, para chegarem à Europa em condições inimagináveis – rapazes feridos e nus, raparigas estupradas e grávidas, crianças e adultos que viram morrer familiares durante a travessia.

Do outro, homens e mulheres que os ajudam a desembarcar – voluntários, mergulhadores, pessoal médico, a Guarda Costeira…

No meio, o autor, para os ouvir a todos e contar sem paninhos quentes o que realmente acontece em terra e no mar e como as palavras são manifestamente insuficientes para compreender os paradoxos do presente.

Uma obra-prima que trata da importância do Outro e da tremenda fragilidade da vida humana.


quarta-feira, 15 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | CONTOS DA MONTANHA, de MIGUEL TORGA | DOM QUIXOTE

 
















Miguel Torga publicou em 1941 o livro de contos Montanha, que imediatamente foi apreendido pela polícia política. Em carta de Abril desse ano, Vitorino Nemésio, solidarizando-se com o amigo, escreveu a propósito dessa apreensão: «Acho a coisa tão estranha e arbitrária que não encontro palavras. De resto, para quê palavras se nelas é que está o crime?»

Em 1955, Miguel Torga fez uma 2.ª edição no Brasil, com o título Contos da Montanha.

A edição da Pongetti circulou clandestinamente em Portugal, assim como a 3.ª edição, de 1962.

Em 1968, a obra Contos da Montanha foi de novo publicada em Coimbra, em edição do autor.

terça-feira, 14 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | AÇÚCAR QUEIMADO, de AVNI DOSHI | DOM QUIXOTE

 
















Na sua juventude, Tara era uma rebelde. Abandonou o seu casamento infeliz e foi viver para um ashram, uma comunidade espiritual hindu, mendigou nas ruas – porque a família abastada lhe fechou a porta de casa – e passou anos a correr atrás de um artista sem eira nem beira, com a filha a reboque.

Hoje é uma mulher com falhas de memória, que paga o salário da empregada a dobrar e se esquece do gás ligado durante a noite.

A filha, agora adulta, vê-se obrigada a cuidar de uma mãe que nunca quis saber dela em criança.

Uma história de obsessões e traição. Uma história de amor envenenada, cujos protagonistas, ao contrário do que seria de esperar, não são dois amantes – são mãe e filha. Tara e Antara, tese e antítese, a mulher e a sua sombra, o amor e o seu reverso.

Mas quem é quem?

segunda-feira, 13 de setembro de 2021

AUTORES NACIONAIS | MÁRIO SILVA CARVALHO

 

Direitos de autor da Foto: Mauro Correia


Nasceu na Pampilhosa (Mealhada) em 1948. É licenciado em História pela Universidade de Coimbra.

Iniciou as lides da escrita apenas depois de se aposentar da carreira de bancário, e o reconhecimento das suas obras foi imediato.

Em 2012 ganhou o Prémio Literário João Gaspar Simões, atribuído pela Câmara Municipal da Figueira da Foz, com o romance Diário de Um Carbonário.

Em 2014 venceu a 15.a edição do Prémio Literário Dr. João Isabel com o conto O regresso do Artur. Foi-lhe igualmente atribuído o 1.o Prémio da XI edição do Concurso Literário Descobrir Vizela com o conto O Brasileiro de Vizella.

Em 2016 publicou o romance A Tomada de Madrid e em 2017 recebeu uma menção honrosa do Prémio Ferreira de Castro de Ficção Narrativa com o romance A Amazona Portuguesa, publicado em 2018.

Com o romance O Regresso a Quionga ganhou o Prémio Ferreira de Castro de Ficção Narrativa 2018.



DIVULGAÇÃO | NOVOS CONTOS DA MONTANHA, de MIGUEL TORGA | DOM QUIXOTE

 



Poeta, romancista, dramaturgo e autor de um monumental Diário em dezasseis volumes, Miguel Torga é um dos grandes contistas da literatura portuguesa.

Estreou-se neste género com Bichos (1940), uma das suas obras mais conhecidas e reeditadas.

Em 1941 publicou Montanha, imediatamente apreendido pela polícia política.

Editado no Brasil em 1955 com o título Contos da Montanha, o livro circulou clandestinamente em Portugal até 1968, ano em que foi de novo publicado em Coimbra, em edição de autor.

Contos da Montanha e Novos Contos da Montanha (1944) formam um dos mais celebrados dípticos do autor.

domingo, 12 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | O COLÉGIO, de CRISTINA ALMEIDA SERÔDIO | DOM QUIXOTE

NAS LIVRARIAS A 28 DE SETEMBRO

 


Antiga aluna do Instituto de Odivelas, Cristina Almeida Serôdio revisita os seus anos juvenis e recria em O Colégio o lugar do fim da infância, da quebra dos laços familiares e da vida suspensa do internato disciplinador e austero.

No seu estilo de escrita de pequenos retratos e breves descrições, a autora mostra relances da vida num colégio interno no tempo da ditadura, onde filhas de militares mobilizados para a guerra em África vivem uma orfandade de circunstância e criam, na dor e no riso, amizades eternas.

O Colégio é o novo romance de Cristina Almeida Serôdio, depois de A Casa das Tias (2017), finalista do Prémio Autores SPA Melhor Livro de Ficção Narrativa.



sexta-feira, 10 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | GRUPO SAÍDA DE EMERGÊNCIA | 91ª FEIRA DO LIVRO DE LISBOA | SÁBADO, 11 DE SETEMBRO

Das 17:00 às 18:00 no Pavilhão - Sessão de autógrafos com Mário Silva Carvalh, autor de "O Regresso a Quionga", editora Saída de Emergência

Das 19:20 às 20:10, no Auditório Poente, Lançamento do livro "Revitalizar. Dicas e Receitas para se manter jovem e saudável", com a presença da autora Mafalda Rodrigues de Almeida, editora Chá das Cinco

Das 20:30 às 21:00, no Pavilhão, Sessão de autógrafos com Mafalda Rodrigues de Almeida, editora Chá das Cinco






DIVULGAÇÃO | O REGRESSO A QUIONGA, de MÁRIO SILVA CARVALHO | SAÍDA DE EMERGÊNCIA

 


Quando António parte para a Guiné em 1972, no cumprimento do serviço militar, o pai passa-lhe para as mãos um conjunto de documentos retratando as vidas dos seus antecessores, pedindo-lhe três promessas: que regresse vivo da sua expedição a África, que juntos visitem as terras moçambicanas onde o pai cresceu e que àqueles documentos António some as páginas da sua própria vida.

O que se segue é uma viagem através das gerações, à medida que o narrador procura juntar todas as peças para reconstruir o seu passado. Recuamos até ao seu trisavô que viveu a Guerra Civil Portuguesa, ao bisavô que trabalhou na construção das primeiras linhas ferroviárias de Portugal e ao avô que, na demanda de uma vida melhor, partiu para Moçambique. Por sua vez, a vida do pai Manuel, passada entre a ilha de Ibo, a cidade da Beira e o Brasil, ficou marcada pelo romance proibido com uma jovem alemã durante o período das guerras mundiais, relação causadora de conflitos e responsável por encontros e desencontros entre continentes.

Ao longo desta fabulosa saga familiar, acompanhamos a História de Portugal e os seus últimos momentos enquanto Império, desde o triunfo dos liberais em 1834 até ao pós-25 de Abril, através dos olhos das gerações sem nome que cruzaram mares e continentes em busca de uma vida melhor nos cantos mais remotos do Império Português.


quinta-feira, 9 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | GRUPO SAÍDA DE EMERGÊNCIA | 91ª FEIRA DO LIVRO DE LISBOA | 6ª FEIRA, 10 DE SETEMBRO

 

Das 17:00 às 17:40, no Auditório Nascente, Lançamento do livro "Os Contos Mais Épicos de Conan", com a presença ddos ilustradores Daniel Maia e Susana Resende e do editor Luís Corte Real, Saída de Emergência

Das 18:00 às 19:00, no Pavilhão, Sessão de autógrafos com Daniel Maia, Susana Resende e Luís Corte Real, Saída de Emergência

Das 19:50 às 20:40, no Auditório Poente, Lançamento do livro "Ementa Planeada, Cozinha Organizada", com a presença da autora Sónia Marcelo e da apresentadora e nutricionista Ana Luísa Sousa, editora Chá das Cinco

Das 21:00 às 21:30, no Pavilhão, Sessão de autógrafos com Sónia Marcelo, editora Chá das Cinco










AUTORES NACIONAIS | HELENA MAGALHÃES

 













HELENA MAGALHÃES nasceu em Lisboa em 1985 e, depois de alguns anos no jornalismo, dedicou-se à literatura a tempo inteiro. Em 2017, escreveu o seu primeiro livro e, em 2019, publicou Raparigas como nós, que se tornou um bestseller em Portugal. Ativista literária, criou o clube do livro Book Gang para incentivar a geração digital a ler mais e para divulgar literatura no feminino.

quarta-feira, 8 de setembro de 2021

AUTORES INTERNACIONAIS | ROBERT HARMS

 

Foto: Copyright 2021 ProQuest LLC. All rights reserved


ROBERT HARMS é professor de História e Estudos Africanos na Universidade de Yale e autor de vários livros sobre a História de África.

Vive em Guilford, Connecticut.



DIVULGAÇÃO | TERRA DE LÁGRIMAS, de ROBERT HARMS | EDIÇÕES DESASSOSSEGO

 



Um relato impressionante da luta para controlar o continente africano.

Em janeiro de 1885, a Conferência de Berlim definia as regras para dividir o continente africano e os seus recursos entre os países europeus. Apesar de essa divisão parecer inevitável, o desenho final ainda não estava definido. Nesta rigorosa investigação, Robert Harms reconstrói o processo caótico que transformou a floresta tropical do Congo na região mais brutalmente explorada de África.

Protegido durante séculos por fronteiras naturais, o Congo assistiu a partir de 1870 à chegada de exploradores oriundos da Arábia, Europa e América. 

Pioneiros num negócio implacável e mortal que envolvia marfim, borracha e escravos, todos eles despojaram a floresta tropical dos seus recursos naturais em busca de fama, dinheiro e poder.

Oferecendo descrições vívidas das caravanas de escravos, das conferências humanitárias e dos encontros diplomáticos, Terra de Lágrimas revela a forma como as redes mundiais de comércio, viagens e comunicação redesenharam e arruinaram o continente africano. Uma herança que ainda se sente nos nossos dias.


terça-feira, 7 de setembro de 2021

AUTORES INTERNACIONAIS | LISA WINGATE

 
Foto: Grupo Saída de Emergência


É uma antiga jornalista, oradora inspirada e autora de mais de vinte romances campeões de vendas.

As suas obras ganharam ou foram nomeadas para numerosos prémios, incluindo o Pat Conroy Southern Book Prize, o Oklahoma Book Award, o Carol Award, o Christy Award e o RT Reviewers’ Choice Award. Wingate vive nas Montanhas Ouichita do sudoeste do Arkansas.

DIVULGAÇÃO | O LIVRO DOS AMIGOS PERDIDOS, de LISA WINGATE | CHÁ DAS CINCO

 



Três jovens embarcam numa jornada épica neste romance poderoso e comovente inspirado em  acontecimentos verídicos.

Luisiana, 1875. No tumultuoso rescaldo da Guerra Civil, três jovens mulheres embarcam  relutantemente numa viagem perigosa: Lavinia, a mimada herdeira de uma plantação arruinada; Juneau Jane, a sua ilegítima e livre meia-irmã crioula; e Hannie, a antiga escrava de Lavinia. Divididas pela sociedade, pela lei e por ressentimentos antigos, todas carregam traumas privados e segredos poderosos enquanto se dirigem para o Texas, a terra da esperança, em busca dos familiares desaparecidos. 

Luisiana, 1987. Para Benedetta, professora primária, um emprego numa escola rural parece a solução para amortizar as suas dívidas – até chegar a uma pequena cidade costeira do rio Mississipi. Augustine, no Luisiana, permanece firme nas suas crenças, suspeitando de novas ideias e de novas pessoas, e Benny dificilmente consegue compreender a vida de pobreza dos seus alunos. Mas entre os carvalhos retorcidos e as plantações degradadas existe uma história centenária de três jovens mulheres, de uma viagem antiga e de um livro escondido que pode transformar as suas vidas.


segunda-feira, 6 de setembro de 2021

AUTORES INTERNACIONAIS | CHARLES BUKOWSKI

 


Foto: Divulgação


Charles Bukowski nasceu na Alemanha, em 1920, de pai americano e mãe alemã. Aos dois anos a família mudou-se para Los Angeles, cidade onde Bukowski viveu até ao fim da vida. Publicou o seu primeiro conto em 1944, com apenas vinte e quatro anos, e começou a escrever poesia dez anos depois. Morreu em 1994, aos setenta e três anos, pouco tempo depois de completar o seu último romance, "Pulp". Viu publicados mais de quarenta e cinco livros de prosa e poesia, de que a Alfaguara publicou: "Pulp", "Hollywood", "A mulher mais bonita da cidade", "Histórias da loucura normal", "Mulheres", "O capitão saiu para almoçar e os marinheiros tomaram o navio", "A sul de nenhum norte", "Factotum", "Pão com fiambre", "Notas de um velho nojento" e a antologia  poética "Os cães ladram facas".

É, ainda hoje, um dos autores americanos contemporâneos mais conhecidos a nível mundial e considerado o poeta americano mais influente e imitado de sempre.  



DIVULGAÇÃO | CONVOCATÓRIA, de FRANCISCO GUIMARÃES | CASA DAS LETRAS

 



Convocatória é, pois, um livro que rompe as barreiras da norma. E, por essa razão, não é fácil de o definir. Não é um livro sobre futebol, ainda que o seu autor seja treinador, e também não é um livro de entrevistas. É, antes disso, um livro que nasceu por causa do futebol, que é uma das mais belas maneiras de replicar a vida. A importância da liberdade em conjugação com as regras, as fronteiras e os lugares que nos definem, a ânsia de superação e transcendência, o desejo de conhecer o outro, o medo do desconhecido, as perguntas acerca da existência humana, a beleza e a verdade última. Todas estas questões estão presentes num jogo de futebol e, por consequência, neste livro. Cada um desses temas é elaborado na obra através da experiência de alguém que nos relata o seu testemunho.

Neste livro, as conversas com o autor, escritas de forma peculiar, não são meras perguntas e respostas. Cada uma desenvolve um desses temas concretos presentes na vida de todos nós.


domingo, 5 de setembro de 2021

AUTORES NACIONAIS | ANTÓNIO LOBO ANTUNES

 












Foto de: Peter Peitsch


António Lobo Antunes nasceu em Lisboa, em 1942. Estudou na Faculdade de Medicina de Lisboa e especializou-se em Psiquiatria. Exerceu, durante vários anos, a profissão de médico psiquiatra.
Em 1970 foi mobilizado para o serviço militar. Embarcou para Angola no ano seguinte, tendo regressado em 1973.
Em 1979 publicou os seus primeiros livros, Memória de Elefante e Os Cus de Judas, seguindo-se, em 1980, Conhecimento do Inferno. Estes primeiros livros são marcadamente biográficos, e estão muito ligados ao contexto da guerra colonial; imediatamente o transformaram num dos autores contemporâneos mais lidos e discutidos, no âmbito nacional e internacional.
Todo o seu trabalho literário tem sido, ao longo dos anos, objecto dos mais diversos estudos, académicos ou não, e dos mais importantes prémios, nacionais e internacionais.
A sua obra encontra-se traduzida em inúmeros países.

sábado, 4 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | GRUPO SAÍDA DE EMERGÊNCIA | 91ª FEIRA DO LIVRO DE LISBOA | DOMINGO, 05 DE SETEMBRO

 

Das 19:20 às 19:50, Lançamento do livro "Madrinhas de Guerra", no Auditório Nascente, com a presença da autora Marta Martins Silva e apresentação do Coronel Carlos de Matos Gomes, editora Desassossego
Das 20:00 às 20:30, no Pavilhão, Sessão de autógrafos com Marta Martins Silva, autora do livro "Madrinhas de Guerra", editora Desassossego




DIVULGAÇÃO | RAPARIGAS COMO NÓS, de HELENA MAGALHÃES | SUMA DE LETRAS

 
















Uma reflexão sobre a juventude, pressão dos pares, laços de amizade entre raparigas, festas, drogas, depressão, morte e autodescoberta. Uma reflexão que é também o retrato de uma geração e a ânsia de pertencer. 

"Raparigas Como Nós" é uma viagem entre Lisboa, Cascais e Madrid, contada pela voz de Isabel e que, numa narrativa veloz, nos revela o impacto que podemos ter na vida uns dos outros. Um romance sobre a eletricidade do primeiro amor e os intensos emaranhados das relações de amizade e das memórias de infância.

sexta-feira, 3 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | GRUPO SAÍDA DE EMERGÊNCIA | 91ª FEIRA DO LIVRO DE LISBOA | SÁBADO, 04 DE SETEMBRO

 

Das 16:00 às 16:40, Lançamento do livro "O Deus das Moscas Tem Fome", no Auditório Nascente, com a presença do autor Luís Corte Real, editora Saída de Emergência

Das 17:00 às 18:00, no Pavilhão, Sessão de autógrafos com Luís Corte Real, autor do livro "O Deus das Moscas Tem Fome", editora Saída de Emergência




AUTORES INTERNACIONAIS | HUGO VAN DER DING

 














Foto: Penguin Random House Grupo Editorial


HUGO VAN DER DING nasceu nos finais dos anos 70 ao largo do golfo da Biscaia, durante uma viagem entre Amesterdão e Lisboa, e cresceu numa comunidade hippie nos arredores de Montpellier. Estudou História das Artes Decorativas Orientais, especializando-se em gansos de origami. Em 2012, desistiu da carreira académica para fazer desenhos nas redes sociais. Depois do sucesso de A criada malcriada, deixou de precisar de trabalhar. Ainda assim, escreve regularmente em revistas e jornais, é autor de alguns livros e podcasts, faz ocasionalmente teatro e televisão e continua a partilhar os seus desenhos nas redes sociais. Desde 2019, é um dos apresentadores do programa Manhãs da 3, na Antena 3. 

Foi nomeado, no livro de final de ano do liceu, o melhor candidato da turma a «ser condenado a cem anos de prisão na Tailândia por contrafação de metanfetaminas».

quinta-feira, 2 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | GRUPO SAÍDA DE EMERGÊNCIA | 91ª FEIRA DO LIVRO DE LISBOA | 6ª FEIRA, 03 DE SETEMBRO

 

Das 18:30 às 19:10, Lançamento do livro "A Psicologia da Estupidez", no auditório Sul, com a presença de Filipe Luís, David Marçal e Jean-François Marmion, en directo a partir de França, editora Desassossego

Das 19:30 às 20:00, no Pavilhão, Sessão de autógrafos com Filipe Luís e David Marçal, colaboradores do livro "A Pscologia da Estupidez", editora Desassossego




DIVULGAÇÃO | O LIVRO DOS AMIGOS PERDIDOS, de LISA WINGATE | EDITORA CHÁ DAS CINCO


 














Três jovens embarcam numa jornada épica neste romance poderoso e comovente inspirado em acontecimentos verídicos


Luisiana, 1875. No tumultuoso rescaldo da Guerra Civil, três jovens mulheres embarcam relutantemente numa viagem perigosa: Lavinia, a mimada herdeira de uma plantação arruinada; Juneau Jane, a sua ilegítima e livre meia-irmã crioula; e Hannie, a antiga escrava de Lavinia. Divididas pela sociedade, pela lei e por ressentimentos antigos, todas carregam traumas privados e segredos poderosos enquanto se dirigem para o Texas, a terra da esperança, em busca dos familiares desaparecidos.

quarta-feira, 1 de setembro de 2021

DIVULGAÇÃO | GRUPO SAÍDA DE EMERGÊNCIA | 91ª FEIRA DO LIVRO DE LISBOA | 5ª FEIRA, 02 DE SETEMBRO

 

Das 19:00 às 19:40, Lançamento do podcast BANGCAST, com a presença de Luís Corte Real, Bruno Martins e Luís Filipe Silva, Grupo Saída de Emergência





DIVULGAÇÃO | TEMPESTADE DE GUERRA - PARTE 1, de VICTORIA AVEYARD | SAÍDA DE EMERGÊNCIA

 



A vitória tem um preço.

Mare Barrow aprendeu rapidamente que para vencer é preciso pagar um preço muito alto. Depois da traição de Cal, que praticamente a destruiu, Mare está determinada a proteger o seu coração e a continuar a lutar com os rebeldes para assegurar a liberdade de Vermelhos e sanguenovos. A jovem fará de tudo para derrubar o governo de Norta – começando pela coroa de Maven.

Mas para a guerra que se avizinha é necessário ter aliados poderosos. Conseguirá Mare lutar ao lado dos que a magoaram para assegurar a vitória? Ou será a rapariga-relâmpago silenciada para sempre?
Na primeira parte da conclusão desta extraordinária série, Mare terá de abraçar o seu destino e convocar todo o seu poder. Quem sobreviverá aos testes que se aproximam?


terça-feira, 31 de agosto de 2021

Lançamento| Um Fogo Lento, o muito aguardado Thriller de Paula Hawkins chegou às livrarias. Está preparado? | TOPSELLER


Texto: Isabel de Almeida

Foto: DR Grupo 20|20


 Nas livrarias a partir de 31 de Agosto de 2021, com a chancela de qualidade da Topseller.


Está preparado para desvendar o mais recente livro de Paula Hawkins?


Quer conhecer as cinco personagens centrais Laura Kilbride; Miriam Lewis, Carla, Irene, Theo?


Tem curiosidade acerca do processo criativo da autora e relativamente às obras que serviram de inspiração a esse processo?

Curioso acerca do livro?


Pois bem, aqui na redacção já lemos esta novidade literária e vamos partilhar consigo tudo o que sabemos! Tudo?...bem... quase tudo, sem spoilers claro!


Fique atento caro leitor, desvende este mistério na nossa companhia.


DIVULGAÇÃO | VAMOS TODOS MORRER, de HUGO VAN DER DING | EDITORA OBJECTIVA


 














Joana d’Arc, Pablo Escobar, Maria Antonieta, Santo António, Rosa Parks, Napoleão, Ada Lovelace, Saramago, Lucrécia Bórgia, Jesus Cristo, Sartre, Lady Di, Bob Marley: todos mortos. Não vale a pena esperar outra coisa da vida a não ser o seu fim. Porém, como dizia Camões, há aqueles que se vão da lei da morte libertando e, em vez de irem fazer tijolo, fazem História – nem sempre pelas razões mais  nobres, mas é, provavelmente, para o lado que dormem melhor.

Com as suas notas necrológicas dignas de antologia, Hugo van der Ding demonstra, todas as manhãs, na rubrica "Vamos Todos Morrer" da Antena 3, e, agora, com este livro, que nem a História tem de ser um relato aborrecido e soporífero dos grandes feitos e acontecimentos, nem o entretenimento tem de ser um atentado a todos os nossos neurónios.

Até ao fecho do presente livro, das 141 almas que foram desta para melhor e cujas venturas são aqui descritas, nem uma reclamou do obituário que lhe calhou em sorte.

DIVULGAÇÃO | NOIVA À EXPERIÊNCIA, de HELEN HOANG | CHÁ DAS CINCO

 
















O amor não precisa de palavras…


Khai Diep não tem sentimentos. Ou melhor, não consegue experienciar aqueles que são verdadeiramente importantes, como a dor ou o amor. Está convencido de que, de alguma forma, tem algo de «errado». Contudo, a sua família sabe o que se passa – o autismo do jovem leva‑o a processar as emoções de maneira diferente. Como Khai rejeita sistematicamente os relacionamentos, a sua mãe decide resolver o problema e voltar ao Vietname para lhe encontrar a esposa perfeita.

Esme Tran sente‑se deslocada em Ho Chi Minh. A sua vida nem sempre foi fácil, pelo que, quando surge uma proposta de viajar para os Estados Unidos para conhecer um potencial marido, ela aproveita a oportunidade. No entanto, seduzir Khai tem os seus desafios, e as lições de amor de Esme parecem funcionar apenas com ela. A jovem está perdidamente apaixonada por um homem que acredita que nunca será capaz de retribuir o afeto de uma mulher.

Será Khai capaz de superar os limites do seu coração e compreender que existe mais do que uma forma de amar?


segunda-feira, 30 de agosto de 2021

DIVULGAÇÃO | PODCAST DA REVISTA BANG | GRUPO SAÍDA DE EMERGÊNCIA

 BANGCAST #00 GEORGE MARTIN vs J.R.R. TOLKIEN




DIVULGAÇÃO | O ACORDO DA RAINHA, de ANNE BISHOP | SAÍDA DE EMERGÊNCIA

 










O Regresso ao Mundo Negro, Sensual e Poderoso das Joias Negras

Depois de um erro de juventude, a reputação do Senhor Dillon ficou arruinada, deixando-o vulnerável perante as jovens aristocratas que procuram um pouco de diversão. Para recuperar a honra, necessita de uma ligação acima de qualquer suspeita. Acreditando que deixou para trás a nobreza que o desprezou, escolhe Jillian, uma jovem protegida de Lucivar Yaslana, o imprevisível Príncipe dos Senhores da Guerra de Ebon Rih.


Por outro lado, o casamento de Surreal SaDiablo e Daemon Sadi está a desmoronar-se. Este reconhece que algo não está bem, mas não percebe que ao reprimir a própria natureza para poupar a mulher está lentamente a destruir-se. Pior: a pessoa que o poderia ajudar desapareceu de todos os reinos — a Feiticeira, a única Rainha suficientemente poderosa para o controlar.

Enquanto Jillian vive as emoções do primeiro amor com Dillon, Surreal e Daemon lutam para salvar um casamento de pesadelo, enquanto Lucivar procura uma forma de manter a família a salvo…

domingo, 29 de agosto de 2021

DIVULGAÇÃO | PAIXÃO, de MARIA TERESA HORTA | DOM QUIXOTE (poesia)

 



Novo livro de poesia de uma das mais importantes escritoras de língua portuguesa.

Uma homenagem, em forma de poemas, a um amor e a uma paixão de uma vida inteira.