segunda-feira, 11 de julho de 2016

[Actualidade - Acidente] Acidente na Base Aérea do Montijo deixa “Bisontes” de luto


Texto: Isabel de Almeida

Nova Gazeta e Diário do Distrito

Foto: Site Oficial da Força Aérea Portuguesa - D.R.

[Actualizado]

Um acidente envolvendo uma explosão e incêndio num Hércules C-130  H da Força Aérea Portuguesa causou hoje três vítimas mortais e feridos, na Base Aérea do Montijo, cerca das 12.00h.

Seria meio-dia quando nas povoações vizinhas da Base Aérea Nº 6 do Montijo – Samouco e Alcochete,  se tornou visível uma cortina de fumo negro proveniente da Base Militar, a que se seguiu, pouco depois, o clamor de vários veículos de emergência que se dirigiam para o local.

No interior da Base Aérea Nº 6 (no Montijo), devido a causas ainda por apurar, um Hércules C-130 H da Força Portuguesa, transportando uma tripulação composta por sete elementos, encontrava-se a realizar uma missão de treino quando sofreu um acidente na fase da descolagem, segundo informação confirmada pelo Gabinete de Relações Públicas da Força Aérea Portuguesa em comunicado de imprensa a que tivemos acesso.

De acordo com informações avançadas por fontes não oficiais, a aeronave ter-se-á incendiado e explodido, pelo menos parcialmente.

Segundo informações recolhidas nas redes sociais e conforme avançado por vários órgãos de comunicação Social de cobertura nacional, entre os quais a SIC Notícias e a SIC, e consoante foi entretanto confirmado em comunicado de imprensa, do acidente resultaram três vítimas mortais, um ferido em estado grave e três feridos ligeiros.

Todos os sinistrados eram militares da Força Aérea Portuguesa, tendo aos mesmos sido prestada assistência no local, a que se seguiu o respectivo encaminhamento para Unidades Hospitalares.

Em comunicado realizado através da página oficial do Facebook, o Agrupamento de Escuteiros do Ar do Samouco assinalou o momento de pesar e de luto, perante a perda de militares integrantes da Esquadra 501, conhecida por “Bisontes”. Em solidariedade para com as vítimas e respectivas famílias decidiu aquele agrupamento de Escuteiros informar que: “ (…) estão suspensas todas as actividades, previstas para hoje nas Festas Populares em Honra de Nossa Senhora do Carmo” [decorrendo as Festas Populares em Honra de Nossa Senhora do Carmo, no Samouco, nas quais este Agrupamento tem tido presença bastante activa].

Fundada em 1977, a Esquadra 501 – “Bisontes” opera com aeronaves Hércules C-130H, desempenhando missões em variados teatros de operações, nomeadamente em Angola, Moçambiquem Afeganistão, Timor Balcãs, entre outros, tendo presença activa em acções de apoio humanitário, estando vocacionada para operações de transporte aéreo e de busca e salvamento, operações de transporte aéreo logístico intra-teatro e inter-teatro, operações aerotransportadas ou operações de evacuação sanitária.

Numa triste ironia do destino, no dia em que Portugal celebra o Campeonato Europeu, a Nossa Força Aérea, e em especial, a Esquadra 501 estão de luto.

O Comunicado Oficial da Força Aérea Portuguesa refere ainda estar a ser prestado todo o apoio necessário aos familiares e amigos das vítimas, num momento que "de profundo pesar" onde se reconhece  que "A Força Aérea está de luto."

Quanto às causas do acidente, as mesmas serão analisadas mediante inquérito a levar a efeito pela Comissão Central de Investigação da Força Aérea.

Sem comentários:

Publicar um comentário