quinta-feira, 26 de novembro de 2015

[Actualidade-Montijo] Município do Montijo Rejeita Fecho da Urgência no Hospital da Cidade


   Em reunião de Câmara decorrida no dia 25 de Novembro de 2015, a Câmara Municipal do Montijo, na pessoa do Seu Presidente – Nuno Ribeiro Canta – apresentou moção na qual rejeita e manifesta frontal oposição a despacho ministerial proferido pelo Ministro da Saúde do Governo Cessante pelo qual se pretende encerrar o serviço de Urgência Básico em funcionamento no Hospital do Montijo.

   A Moção apresentada em sessão de Câmara pelo executivo autárquico Montijense evidencia a necessidade de pugnar pela defesa do Sistema Nacional de Saúde, exigindo a revogação do Despacho nº. 13472/2015, de 20 de Novembro, da responsabilidade do Senhor Ministro da Saúde do Governo que ora cessa funções, considerando-se que tal decisão irá afectar a prestação de cuidados de saúde à população local, na medida em que, a concretizar-se o proposto encerramento da Urgência Básica no Hospital Distrital do Montijo, os doentes urgentes ver-se-ão forçados a acorrer ao já bastante congestionado serviço de urgência do Hospital do Barreiro.

Texto: Isabel Almeida

Fonte: CMM-Gabinete de Comunicação

Créditos Foto: CHBM-Ministério da Saúde


Sem comentários:

Publicar um comentário