quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

[Actualidade - Pinhal Novo] Uma vítima mortal e quinze feridos em acidente na A12 [Diário do Distrito]

Uma mulher morreu e 15 pessoas ficaram feridas num acidente que ocorreu esta manhã de quarta-feira na A12 ao quilometro 7, entre as portagens de Pinhal Novo e a zona da fábrica da pólvora no concelho de Alcochete.
A vítima mortal só foi descoberta por volta das 12:00, duas horas depois do acidente e quando já procediam à operação de remoção das viaturas do local, os bombeiros que estiveram na operação de socorro pediram a intervenção de uma segunda Viatura Médica de Emergência e Reanimação, foi feita tentativa de reanimação da vítima, mas esta acabaria por sucumbir, tendo o óbito sido declarado por volta das 12.10.

Rui Costa, segundo Comandante Distrital do CDOS de Setúbal, disse à comunicação social que “não se consegue perceber qual a razão pela qual não foi verificado aquele carro com tantas pessoas que por aqui circulavam”, adiantando ainda que o carro acidentado estaria “no meio de todos os outros carros acidentados”, só após a remoção dos outros veículos envolvidos no acidente é que os operacionais de socorro detectaram uma mulher que estaria ao volante de um Seat Ibiza.

O acidente deu-se por volta das 9:40 e deixou um ‘amontoado’ de lata em cima do asfalto, havendo feridos presos no interior de viaturas que careceram de operação de desencarceramento. Cinco feridos recusaram-se a ser transportados às unidades hospitalares, sendo assistidas no próprio local. Os restantes feridos foram transportados para os hospitais de São José e Santa Maria em Lisboa e São Bernardo em Setúbal.

Dois dos feridos estão em estado grave. No local estiveram 33 operacionais apoiados por 24 viaturas, duas VMER do INEM e vários elementos da GNR. As três vias estiveram encerradas ao trânsito desde as 9:40, reabrindo só às 14:05.


O capitão Ferreira, da GNR, fez o balanço do acidente, explicando que as causas ainda estão a ser apuradas, mas tudo indica que o nevoeiro que se fez sentir nesta manhã tenha sido a causa provável deste grave acidente que envolveu 20 veículos,   incluindo uma moto e um autocarro da empresa TST.

Texto: Miguel Garcia /Diário do Distrito
Foto: Diário do Distrito

Sem comentários:

Publicar um comentário