domingo, 9 de junho de 2019

LITERATURA / JAGUAR de António Carlos Cortez / DOM QUIXOTE - POESIA

Nas livrarias a 11 de Junho


Constituído por 48 poemas em prosa, Jaguar é o novo livro de António Carlos Cortez. O jaguar é o animal que interpreta a História e confronta Humatan, o inventor da gramática.

O fim da linguagem, a música de Philip Glass, a poesia de Jim Morrison, e o sangue de Ian Curtis e de Zodiac. A guerra, teatro do mundo, o Vietname, David Bowie, Curtis LeMay, Jaguar é também uma homenagem à literatura, a Fiama e às visões de Rimbaud.

O cristal e a chama da poesia, eis o que António Carlos Cortez procura edificar com este novo livro.


Sem comentários:

Publicar um comentário