sexta-feira, 9 de outubro de 2020

O PROFESSOR DE DESEJO, de Philip Roth / DOM QUIXOTE - Tradução de Francisco Agarez

 Nas livrarias a 13 de Outubro


Nos seus tempos de estudante universitário, David Kepesh define-se como «um devasso entre os académicos, um académico entre os devassos». Mal imagina quanto este lema irá ser profético – ou pernicioso. Porque enquanto Philip Roth segue Kepesh desde a infância em família até ao campo imenso das possibilidades eróticas, de um ménage à trois em Londres às garras da solidão em Nova Iorque, vai criando um romance sumamente inteligente, comovedor e muitas vezes hilariante sobre o dilema do prazer: onde o procuramos; por que razão fugimos dele; e como nos empenhamos em conseguir uma trégua entre a dignidade e o desejo.
Personagem tão inesquecível quanto Alexander Portnoy (
O Complexo de Portnoy) e Mickey Sabbath (Teatro de Sabbath), Kepesh conduz as peripécias deste romance hilariante sobre um professor dividido entre os instintos, o afeto e o intelecto.



Sem comentários:

Publicar um comentário