sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Os Nove Braços do Hanukiah de Rita Mayer Jardim / CASA DAS LETRAS

 


Um candelabro judaico desaparece do museu da sinagoga de Savannah, no estado norte-americano da Geórgia, e uma estranha mensagem em português é deixada no seu lugar. Suspeita do furto, a genealogista Clara Mendes cruza-se então com Lior, um veterano de poucas palavras que se dedica a investigar o paradeiro de artefactos judaicos roubados e que lhe pede para ir a Israel pesquisar a sua descendência de uma ilustre família sefardita.

Ingénua, mas determinada, Clara depressa se vê envolvida numa intriga empolgante que a leva a mergulhar na história conturbada do povo judeu, tanto na Europa como no Novo Mundo, e que tão depressa a faz recuar ao terror da Inquisição como a descobrir os meandros da nova extrema-direita internacional.

Decorrendo ao longo de vários séculos, por entre os segredos das ruas tortuosas de Jerusalém e a dura colonização do sul dos Estados Unidos da América, a diáspora judaica de Marrocos e as profundezas da Amazónia brasileira, Os Nove Braços do Hanukiah é um romance apaixonante à volta do extenso legado dos judeus sefarditas, um povo que, certo dia, Portugal decidiu expulsar.



Sem comentários:

Publicar um comentário