terça-feira, 12 de abril de 2016

[Música] "RESTART", novo álbum de Aurea, entra directamente para o 1º Lugar do Top Nacional de Vendas

Editado a 18 de Março de 2016 e produzido em Las Vegas, por Cindy Blackman Santana e Jack Daley, "RESTART", o mais recente álbum de Aurea entrou directamente para o Top de Vendas Nacional.

Após ter-se afirmado na sua carreira através de uma fórmula segura, e que lhe grangeou diversos discos de platina, com um registo de Soul inspirado nos clássicos dos anos 60, e em grandes nomes como Otis Redding, Aretha Franklin ou Al Green, neste novo álbum a cantora sentiu necessidade de recomeçar, como indica o próprio nome do seu mais recente trabalho discográfico.

Foi intuito de Aurea, neste novo trabalho, procurar um lugar só seu. Um lugar só seu, sem tempo e sem género vincados, mas, ainda assim, sem esquecer aquelas que são as suas origens  e fontes de inspiração enquanto intérprete, nomeadamente, Soul ou Jazz, Pop ou Rock, e ainda aquele que pode ser apontado como o seu reflexo mais fiel, o reflexo duma artista que amadureceu, mas que sabe conjugar aquela que é a sua linguagem muito própria, com o natural inconformismo que pauta a sua performance.

Nesta busca pelo seu lugar que a define, que a distingue, que constitui, no fundo, a sua identidade artística, Aurea decidiu viajar para os Estados Unidos e trabalhar com a célebre baterista Cindy Blackman e com o exímio baixista Jack Daley, que já trabalharam com Lenny Kravitz ou Joss Stone.

As 12 canções que integram "RESTART" contêm ainda bons registos de Soul, Jazz e Rock e, ainda, uma afinada sensibilidade de registo Pop. Podemos ali encontrar passado e presente combinados, intemporalidade, assim como a atenção aos detalhes, a exigência e o perfeccionismo, ou seja, encontramos neste trabalho Aurea no seu todo, reinventada e amadurecida, e numa afirmação plena da sua personalidade.

Poderá ouvir o single de apresentação "I DIDN´T MEAN IT":


O álbum RESTART será apresentado oficialmente em Concerto agendado para o próximo dia 14 de Maio, no Cinema S. Jorge, pelas 21 horas e 30 minutos, em Lisboa.

Mais info disponível em:




Texto: Isabel de Almeida/Nova Gazeta

Foto: Sony Music Portugal



Sem comentários:

Publicar um comentário