quarta-feira, 6 de abril de 2016

[Cultura - Divulgação Literária] Comunicado Guerra & Paz Declaração de Interesses " A Ilha do Tesouro", de Robert Louis Stevenson


Chegou à nossa redacção um comunicado da Guerra & Paz Editores, que consideramos importante tornar público junto dos nossos leitores, passamos a transcrever o teor integral do mesmo:

"A Guerra e Paz acaba de lançar um livro com o sugestivo, mas problemático título, «A Ilha do Tesouro». Face a certos rumores, que pretendem ligar a referida obra a factos recentes, trazidos à luz do dia e às primeiras páginas dos jornais pelo Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação, a editora Guerra e Paz quer frisar, com veemência, que o Tesouro que agora disponibilizou aos leitores portugueses não é resultado de nenhuma operação de offshore. Mais acrescenta, que esta «Ilha do Tesouro» não é o Panamá, até porque o Panamá não é uma Ilha. O autor do livro, Robert Louis Stevenson, confessando embora a sua ligação a homens do mar com um perna, mais conhecidos por piratas, capitães de navios, cozinheiros e taberneiros duvidosos e papagaios falantes, quer marcar bem as distâncias: o seu tesouro é legítimo, palpável e não de fachada. Fruto de aventuras e não de uma qualquer optimização fiscal, o Tesouro de Robert Louis Stevenson é uma herança legítima, recebido pelo Autor das mãos dos seus ancestrais, a Criatividade e a Imaginação.  
A Guerra e Paz Editores está, assim, em condições de assegurar aos seus leitores que podem adquirir a «Ilha do Tesouro», com a capa que aqui se junta, em qualquer livraria do país, e que, nesse acto, estão a adquirir um título da mais alta rendibilidade, um título considerado AAA por todas as agências de rating, avalizado tanto pelo FED americano, como pelo BCE europeu. Ponham as vossas poupanças a salvo e boa leitura."





Fonte Texto e Foto: Guerra & Paz Editores

Sem comentários:

Publicar um comentário