domingo, 19 de novembro de 2017

OPINIÃO | "Planeta Terra" | MAFALDA PASCOAL

Era uma vez um planeta muito colorido...

Lá dentro tem muita água, muito gelo, solo firme, vegetação, muitas cavernas e tuneis, pirâmides, vulcões, desertos de areia, areias movediças, muitos animais, muitos insectos, muitas aves, muitos repteis, muitos peixes, muitos seres humanos...

Onde existe água, lá dentro tem muitas qualidades de peixe e não só, ainda estão por descobrir muitas muitas coisas nos lugares mais reconditos do oceano...

Onde existe gelo, muita coisa por descobrir ainda existe, cidades e civilizações congeladas e alguns animais que desconhecemos...

Onde existe solo firme também tem coisas suterradas que desconhecemos, até porque este solo firme, já não está tão firme assim...

Onde existe muita vegetação, estão escondidas entradas para grutas, cavernas ou simplesmente estão um conjunto de arvores centenárias que, cada vez são menos devido aos fogos...
Onde existem muitas cavernas e tuneis, estes últimos feitos plo homem ou pla natureza, também não se conhecem na sua totalidade e também lá existem coisas que desconhecemos, talvez ovnis ou outros artefactos estranhos para a nossa percepção presente...

Onde existem pirâmides, esses monumentos que tanto intrigam o ser humano, também lá dentro estão fenómenos inalcansáveis para nós, em algumas pirâmides estão guardados objectos que a nossa presente inteligência não poderia deparar-se com tamanha evolução, dado que, enquanto tivermos em mente fabricar uma arma mais mortífera que a do vizinho, não podemos ter em mãos algo tão potente assim...

Ainda assim me pergunto porque existe tanta ambição em descobrir fora do planeta! Tantos biliões a serem gastos...quando cá dentro existe uma infinidade a ser explorado e descoberto...uma infinidade de pessoas a morrer de fome e de sede...uma infinidade de velhos sem família e sem condições de sobrevivência...uma infinidade de crianças sem família e a aguardar por um lar de acolhimento... 
E em última análise, uma infinidade de animais há espera de um lar...

Claro que o ser humano nada vai mudar...mas a natureza?! Ah a natureza...essa tudo vai mudar e assim como nós não temos tido dó em fazer o que nos dá na real gana, porque o que nos interessa são os dividendos  que podemos tirar  de toda a exploração da natureza deste planeta, agora vai ser a natureza a reabilitar-se, a reorganizar-se, a reenergizar-se e não vai ter dó de nós...

Assim como quando temos que mudar algo em nós e não temos coragem de o fazer, vem a vida e muda o que deve ser mudado e dessa forma faz-nos doer mais, assim fará a natureza, já que a humanidade não tem coragem de se unir e fazer algo para poupar o planeta, a natureza irá fazê-lo por nós...e vai doer muuuito...      


Mafalda Pascoal | Poetisa | Colunista Nova Gazeta


Sem comentários:

Publicar um comentário