quinta-feira, 22 de março de 2018

CRÓNICA | VAMOS FALAR das Pequenas/GRANDES Livrarias! | PATRÍCIA REBELO



Quantas e quantas pequenas livrarias, daquelas que nos aconchegam a alma, que nos aquecem com as suas estantes cheias de sonhos, de autores consagrados e de jovens autores que procuram um lugar, estão a fechar?

Quantas já fecharam...?

Quantas ainda vão fechar?

Porque deixamos que isso aconteça?

Porque preferimos livrarias online, grandes grupos livreiros e centros comerciais?

Porque têm mais descontos Patrícia... Porque é mais fácil... porquê é mais cómodo.

Ok...

Sim... tudo isso é verdade.

Mas todos perdemos tanto...

O descobrir as pequenas livrarias...

O fascínio pelas estantes...

Pelos autores consagrados ...

Pelos novos autores que aí conseguem uma oportunidade real...

Pelos livros mais antigos...

Pelos livros raros que não se conseguem encontrar em lado nenhum...

Pelo atendimento personalizado.

Invistam.

Tentem...

Vamos impedir que mais livrarias pequenas fechem.

Frequentem!

Comprem!

Procurem!

Invistam realmente nas pequenas livrarias.

Quando fecham perdemos todos...

Quando fecham... a culpa é de TODOS nós!

Hoje é o dia em que eu, na minha pequenez, enquanto autora, bati o pé e disse basta a esta enorme rede comercial.

Em que quis ter uma palavra a dizer.

Em que me revoltei porque o mundo editorial está mau...

Em que me revoltei porque, cada vez mais, se fecham portas a novos autores, por muitos acharem que como são novos nada valem.

Hoje acreditei desde do primeiro momento que as minhas palavras de revolta poderiam ser de todos nós.

Nós: leitores, autores, escritores, criadores, distribuidores, vendedores, livreiros, editores, entre tantos outros que o mundo literário não fala....

Acreditei e continuo a acreditar...

Podemos sim fazer a diferença e lutar por esta causa, acreditando em cada um dos meus leitores, nas suas partilhas, no seu empenho, na sua atenção e divulgação, sem recorrer a serviços de pagamento de divulgação.

Acredito que quando sentimos que fazemos o bem, esse bem é recompensado.
Para mim chegava se me dissessem:

" Patrícia partilhei... e mais não sei quantas pessoas que conheço também partilharam..."
"Patrícia, hoje comecei a olhar com mais atenção para as pequenas livrarias."
"Patrícia, hoje entrei numa pequena livraria e tenciono frequentar"

Fiz este desabafo, porque o mundo literário merece, na minha opinião, um murro na mesa.

Fiz este desabafo, não por mim nem pelo meu trabalho..., mas por nós.

Por todos nós que sofremos, cada vez que perdemos mais uma casa que nos permite adquirir vários tipos de conhecimentos.

Por todos nós... e pelas pequenas livrarias.

Posso pedir-vos para PARTILHAREM?

Podem ajudar a ganhar força esta mensagem?

Posso pedir-vos para divulgarem?

Não por mim.

Não pelo meu trabalho.

Mas por todos.

Autores, livreiros, leitores, distribuidores, editores...

Por um mundo editorial e livreiro mais competitivo, mais justo e mais próximo do leitor.

#pelaspequenaslivrarias
#pelaslivrariaspequenas
#porummundoeditorialmaisjusto


Sem comentários:

Publicar um comentário