quarta-feira, 18 de setembro de 2019

BEM-VINDOS, de MBarreto Condado















Existem momentos na nossa vida em que sentimos o destino tecer uma suave teia à nossa volta. Em que nos apercebemos de que os nossos caminhos estão destinados a cruzarem-se. Em que nos sentimos reforçados pelas diferenças que nos unem. Momentos em que desejamos compartilhar as nossas alegrias e tristezas, uns com os outros, e abrir a alma a estranhos que passam a fazer parte do nosso dia-a-dia e a quem, carinhosamente, designamos de “a nossa família literária”.
“Isto, somos nós!”

Num país em que infelizmente se lê cada vez menos, em que o que vem do estrangeiro é que é bom, em que só nomes conhecidos são considerados, muitos perguntam o motivo pelo qual escrevemos.
Sei que falo por todos os fantásticos escritores a quem tenho o privilégio de chamar família, quando digo que o simples facto de passar para uma folha em branco o que nos vai na alma é a maior gratificação que obtemos em todo o processo de escrita.

A verdade é que somos um grupo de autores portugueses com muitas (e diferentes!) histórias para contar!
Ainda desconhecidos de muitos, temos a vontade necessária para chegar longe e de nos fazermos ler. Somos um grupo eclético, porém é nas nossas diferenças que encontramos o elo que nos une. Escrevemos poesia, romances, contos, fantasia, histórias de vida, policiais, artigos de opinião e textos avulsos. Escrevemos porque nos sentimos vivos e queremos transmitir esse mesmo sentimento e as nossas emoções através das palavras. E é com esta força, com as nossas diferenças e com a nossa união que contribuímos todos para a mesma causa, desejando que os nossos livros sejam lidos pelo maior número de leitores.

Gostávamos que passassem algum tempo a ver as nossas capas e os seus títulos sugestivos, que lessem as nossas sinopses, mas acima de tudo que sentissem o que vos queremos transmitir: que cada um dos nossos livros leva nele uma parte de nós! Da nossa vivência! Das nossas viagens! Da nossa imaginação! Dos nossos sonhos! Dos nossos desejos! Das nossas memórias! Das nossas fraquezas! Da nossa força!

Acreditamos que quem nos lê transporta as nossas palavras para lá da nossa própria imaginação. Que vive, que sofre e ama com a mesma intensidade com que escrevemos cuidadosamente cada linha, cada parágrafo, cada página, cada capítulo.

Somos afortunados por vivermos as aventuras enquanto as escrevemos, fazendo parte das vidas das personagens por nós idealizadas e percorrendo os mesmos locais que elas. Ficamos com a sensação de trabalho feito, num misto de emoções em que os nossos sentimentos exultam ao ver essas personagens ganhar vida própria.

Decidimos criar esta página com uma única finalidade: a de divulgar o nosso trabalho, estar mais próximos de todos os que já nos conhecem – os nossos já fiéis leitores –, e que felizmente nos seguem e anseiam pelo que lhes vamos contar a seguir. Mas queremos crescer e contamos com a vossa ajuda para o fazermos em conjunto, pedindo que leiam o que escrevemos e que comentem sem receios o que sentiram com as nossas palavras. Que conversem connosco!

As nossas portas estão sempre abertas!

Gostávamos que, ao aceitarem o nosso pedido para nos seguirem, se sintam também parte da NOSSA alargada família. Afinal, adoramos falar sobre o que fazemos e quando começamos, na maior parte das vezes, parar torna-se o mais difícil.

No dia de hoje, 19 de Julho de 2019, inauguramos este blogue com o mesmo nome da nossa página do Facebook, tendo o único propósito de nos fazermos ouvir cada vez mais através das palavras. Palavras compostas por letras…

Porque Letras em Movimento somos nós!
Ana Ribeiro, Anita Dos Santos, Cristina Das Neves Aleixo, Fernando Teixeira, Mafalda Pascoal, Maria Cecília Garcia, MBarreto Condado, Patrícia Rebelo, Paulo Costa Gonçalves, R.C. Vicente, Reliane de Carvalho e Vanessa Lourenço.

Desafiamos quem ainda não nos conhece a ler-nos, a seguir o nosso percurso, mas acima de tudo a acreditar que ainda temos muito para oferecer, desejando descobrir o nosso trabalho.

Damos as boas-vindas a todos aqueles que amavelmente já nos começaram a seguir, assegurando que as nossas Letras continuarão em permanente Movimento.

Obrigada pela vossa companhia!


Sem comentários:

Publicar um comentário