quinta-feira, 12 de setembro de 2019

CRÍTICA LITERÁRIA | " Possessão", de J.R. Ward | Quinta Essência | Grupo LeYa


Texto: Isabel de Almeida | Jornalista | Crítica Literária

Foto: Grupo LeYa

 Possessão, de J. R. Ward, corresponde ao quinto romance da saga dos Anjos Caídos, onde iremos reencontrar algumas personagens já nossas conhecidas, e descobrir a história ou histórias de novos protagonistas de mais este "episódio", desta deliciosa saga do género fantástico da consagrada autora.

  Tendo por cenário a Cidade Norte-Americana de Caldwell, iremos acompanhar o Anjo Caído Jim Heron em mais um momento decisivo na disputa entre as forças do bem (anjos) e do mal (novamente representadas pela ardilosa e atormentada Devina, um demónio que esconde a sua podridão e feeladade sob a capa de uma mulher bela, sexy e sedutora, mas que ironicamente continua a apresentar características bem humanas, como um distúrbio obsessivo-compulsivo que a leva a sessões de psicoterapia; ou o forte desejo e paixão que inegavelmente acalenta por Jim, o seu eterno adversário), e o Anjo Adrian.

   Este quinto romance da série assume-se como um importante marco na narrativa globalmente considerada desde o início da série, na medida em que tudo parece estar em jogo, mais do que nunca, e se é certo que iremos encontrar os habituais novos protagonistas, sendo um deles a alma que Jim deverá salvar (ou não) da perdição, conseguindo assim mais um ponto a seu favor na sua disputa com Devina, denota-se que a autora volta a conferir um acentuado protagonismo a Jim na economia da narrativa neste episódio, porquanto tudo poderá ser posto em causa, muito por força da luta interna que Jim trava consigo mesmo.

Também Devina, uma das nossas personagens preferidas, muito pela ironia que transporta, e pela sua componente de por em evidência alguns retratos da sociedade moderna, apresenta uma nítida evolução psicológica, deixando-se envolver em emoções que, à partida, lhe seriam estranhas, atenta a sua natureza demoníaca e perversa, sendo esta ambiguidade um dos pontos mais interessantes da construção desta personagem.

  Os fortes sentimentos que Jim nutre pela jovem Sissy Barton, a qual fez questão de salvar do inferno onde sofria às mãos de Devina (muito embora a jovem, efectivamente, mude de dimensão e tenha de defrontar-se com essa perda da vida terrena e do contacto com familiares e amigos) poderão redundar numa total mudança de rumo na guerra entre os anjos e o demónio, e a autora consegue manter os leitores em permanente tensão quanto a este aspecto fundamental da trama, o que vem conferir à saga um novo colorido dramático.

   A nova heroína do mundo terreno será Caitlyn Douglass, uma artista e professora educada por pais que veem na religião o cerne da conduta a seguir, encontra-se numa fase da sua vida em que que renova a sua imagem, numa tentativa de alterar também o seu percurso pessoal, encontrando-se a recuperar de um desaire amoroso grave, acaba por se ver envolvida num triângulo amoroso - sentindo-se dividida entre dois homens fascinantes por motivos diferentes, mas que levam a jovem a despertar a sua sensualidade e energia sexual, há algum tempo deixadas de parte. Quem irá Cait escolher para parceiro? : o sensual e carismático cantor G.B., ou o tremendamente intenso e arrebatador Duke Phillips? Será a escolha a mais correcta?

Intenso, tremendamente sensual e escaldante, abrindo novos e inesperados rumos na trama, Possessão  é um romance que revela o quão equilibrada e apelativa se mantém esta deliciosa saga fantástica! Ward volta a dar cartas sem desiludir!

FICHA TÉCNICA:


Título: Possessão

Autora: J. R. Ward

Série: Anjos Caídos #5

1ª Edição: Setembro de 2014

Editora: Quinta Essência | Grupo LeYa

Páginas: 524

Género: Fantasia Urbana

Classificação: 5/5 estrelas


Sem comentários:

Publicar um comentário