sexta-feira, 29 de novembro de 2019

O TEU SORRISO, de Anita Dos Santos















O teu sorriso pode mudar o mundo, mas não deixes o mundo mudar o teu sorriso”.

Encontrei esta frase numa parede, num estabelecimento público.

Dei comigo a pensar na verdade profunda que elas contêm, nas suas duas vertentes.

Se encararmos quem nos está próximo com um sorriso no rosto, temos muito mais probabilidades de ter esse sorriso correspondido, de não receber uma má palavra, uma cara feia, ou até de levar alegria e luz ao dia de quem temos na nossa frente.

Essa é uma atitude que procuro ter para com os outros, mesmo sabendo muitas vezes de antemão que quem tenho à minha frente, não entende esta minha forma de estar. Mas o sorriso, como a salvação, dá-se a toda a gente.

Por outro lado, - a segunda metade da sentença – pode ser encarada de duas formas.

A primeira delas, é não permitirmos que a má vontade, a maldade e o egoísmo dos outros nos leve a modificar essa nossa forma de ser. Deixemos que essas suas maneiras de estar na vida não alterem o nosso sorriso.

Não posso, de qualquer modo deixar de pensar, que esta segunda parte da sentença pode ter uma outra aplicação relativamente ao que o Homem está a fazer com o Mundo, que nos leva a que cada dia tenhamos menos motivos para sorrir.

As notícias do Mundo são cada vez mais desanimadoras. O Homem não se consciencializa de que existe um só Mundo. Todos os dias se houve dizer que os níveis da água estão mais elevados, que há mais espécies em vias de extinção, mais espécies em perigo ou até mesmo desaparecidas para sempre.

O sorriso morre um pouco cada vez que ouço uma destas notícias.

Não quero pensar num Mundo sem o tigre-de-bengala, sem o lobo vermelho ou o elefante, isto só para mencionar alguns que fazem parte de uma longa lista de espécies ameaçadas como criticamente em perigo ou em perigo de extinção.

Se quisermos falar do elefante, falando apenas de um dos já mencionados, não podemos esquecer no quão ele é necessário para a floresta. Sem ele, a floresta não sobrevive, pois é o elefante o grande jardineiro da floresta.

E o sorriso, morre um pouco mais.

Queremos colocar sorrisos no rosto das nossas crianças?

Claro que sim! Ensinando-as a serem Mulheres e Homens conscientes, mas para que isso suceda, temos que cuidar do nosso Mundo, para que ele não apague o nosso sorriso.


Sem comentários:

Publicar um comentário