sábado, 12 de janeiro de 2019

LITERATURA a fascinante escrita da autora CRISTINA DAS NEVES ALEIXO



Sinopse:
Isabel e Afonso vivem, aos olhos de todos, o casamento perfeito, completo com a pequena Sofia. Mas à medida que Afonso se revela cada vez mais dominador e violento, Isabel descobre que o conceito de amor do marido é muito diferente do seu – para ela, cuida-se de quem se ama. Quando a escalada de violência de Afonso toma proporções insustentáveis, Isabel vê-se obrigada a utilizar todos os meios para se defender a si e à sua filha, mas, num momento em que ele surge tresloucado, ela perde o controlo da situação... Nesta estória de amor e violência, a autora reflecte sobre as várias nuances do sentimento amoroso: o amor próprio, o amor aos outros e, afinal, quais são os limites para se poder dizer que o que se faz é por amor. O título remete-nos, logo à partida, para a ténue linha que separa o certo do errado sendo, ao mesmo tempo, uma afirmação e uma interrogação.
(15,00€ já com portes de envio)


Sinopse:
Joaninha e o jardim encantado: Joaninha estava a estudar quando, de repente, se deixa
adormecer e transportar para um jardim mágico, onde todos os animais falam e vivem em harmonia. Aqui encontra o melro Sebastião, que a introduz nos mistérios daquele esplendoroso universo. Quando sabe que, dentro da bonita casa que se ergue no centro do jardim, vive um menino impedido de sair dela, Joaninha toma a corajosa decisão de o resgatar. Mas o que retém Carlinhos dentro de casa é muito mais do que a doença que o obriga a deslocar-se numa cadeira de rodas e Joaninha terá que utilizar todas as suas forças para atingir os seus objectivos. Neste seu primeiro livro, Cristina Das Neves Aleixo debuta na ficção infantil com uma história que demonstra que os maiores fantasmas vivem, afinal, dentro de nós próprios. 
(12,00€ já com portes de envio)



Sobre a autora:

Nasceu e cresceu no Barreiro. Já adulta toma-se de amores por Lisboa e aí reside até hoje.
Profissionalmente desempenhou cargos tão diversos como os de escrituraria, recepcionista, tradutora, secretária, assistente de direcção; chefiou departamentos empresariais; brincou com a locução de rádio e aos modelos fotográficos e publicitários; foi empresária. Durante 30 anos fez do mundo empresarial privado a sua casa, enquanto, secretamente e desde a adolescência, se realizava verdadeiramente com a escrita.
Academicamente brilhava na área de eleição: letras. A formação em escrita criativa foi inevitável.
O seu primeiro livro publicado, "Joaninha e o jardim encantado", em Maio de 2015 com a chancela da Capital Books, alerta os jovens, e também os adultos, para os valores da amizade, da diversidade e incute o gosto pela aprendizagem.
Em Julho do mesmo ano dá a sua contribuição em "Todos por um", uma antologia de contos comemorativa do aniversário da editora, com um policial ligeiro: "O caso das pedras preciosas".
Um ano depois, em Junho de 2016 e num registo mais uma vez diferente, mantém os laços com a editora que a viu nascer e lança, na Feira do Livro de Lisboa, "Por amor, tudo(?)", com prefácio do Dr. Daniel Cotrim da APAV. Esta é uma estória centrada na violência doméstica, fruto de um trabalho de campo muito sério junto de vítimas reais e que lhe valeu um elogio público. Este é, também, um livro que a autora fez questão que fosse solidário e apresenta o selo da APAV - uma parte das receitas reverte para a instituição.
Em Fevereiro de 2018 decide aceitar mais um convite e abraçar outro desafio: é autora da rubrica semanal "Uma mente inquieta" na "Nova Gazeta - Jornal online".
Todos os domingos apresenta uma crónica de opinião sobre os mais variados temas, que podem ser actuais ou não.
Diz que para si "escrever é como respirar: uma necessidade"; diz, a brincar, que "talvez sejam os genes" - é prima de António Aleixo. Podem seguir as novidades pela página www.facebook.com/CristinaDasNevesAleixo

Sem comentários:

Publicar um comentário