quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

LITERATURA Antologia de poemas escolhidos de João Luís Barreto Guimarães

Ao completar trinta anos de vida literária, João Luís Barreto Guimarães, que além de poeta e tradutor também é médico (licenciou-se em Medicina e Cirurgia), regressa à edição com O Tempo Avança por Sílabas, antologia de cem poemas escolhidos pelo autor, a partir dos dez livros que publicou entre Há Violinos na Tribo, em 1989, e Nómada, em 2018. O Tempo Avança por Sílabas chega às livrarias a 1 de fevereiro. Conjugando fragmentos do quotidiano com a História e a memória, a sua poesia – irónica, biográfica, melancólica, musical – captura objetos e instantes do presente, na fronteira entre a poesia e a prosa, refletindo sobre o lugar da escrita (a casa, o café, a cidade, a viagem) e o tempo de hoje.

Sobre o autor
João Luís Barreto Guimarães nasceu no Porto, a 3 de junho de 1967. Poeta e tradutor, divide oseu tempo entre Leça da Palmeira e Venade. O Tempo Avança por Sílabas reúne cem poemas selecionados pelo autor, dos dez livros que publicou até ao momento. É o seu quinto livro na Quetzal,
após a publicação dos primeiros sete títulos na Poesia Reunida, em 2011, Você Está Aqui, em 2013, Mediterrâneo, em 2016, ao qual foi atribuído o Prémio Nacional de Poesia António Ramos Rosa, e Nómada, em 2018. A sua obra está representada em antologias poéticas e revistas literárias de numerosos países, tendo Mediterrâneo sido publicado em espanhol.

Sem comentários:

Publicar um comentário