terça-feira, 22 de março de 2016

[Desporto- Futebol] Período de descontos



À 27ª ronda da Liga NOS 2015/16, o trio da frente voltou a ganhar, com mais ou menos dificuldade. Por dois minutos a liderança quase mudava de mãos, mas o inevitável Jonas voltou a deixar a sua classe em campo, mais concretamente no tabuleiro do Bessa, ao garantir um triunfo no período de descontos que muitos já não esperavam

DESTAQUE:

Os encarnados entraram em campo este Domingo, no recinto do Boavista – clube que em tempos não muito longínquos se afirmou como o quarto grande – com boas recordações. À cabeça, o título conquistado a 22 de Maio de 2005, pela mão de Trapattoni.

O Benfica estava obrigado a ganhar, para não deixar escapar a liderança, pois sabia de antemão que a goleada imposta pelo Sporting ao Arouca (5-1), não permitia o mínimo deslize. Por causa disso, o clube da Luz cedo procurou o golo, com as primeiras ocasiões de golo a pertencerem-lhe, a primeira das quais – a mais vistosa – através de uma bicicleta de Jiménez a puxar por uma excelente defesa do guardião axadrezado Mika. O Boavista conseguiu sacudir a pressão ao longo do primeiro tempo, mas sem criar grandes oportunidades de concretização.

No regresso do intervalo, a toada ofensiva de ambas as equipas aumentou, com o aparecimento óbvio de oportunidades de golo, num primeiro momento parte por parte do Benfica, mas com o aproximar dos minutos finais, com o ascendente a pertencer ao Boavista, que não se encolheu perante a normal superioridade, pelo menos teórica, dos jogadores do Benfica. Ruben Ribeiro e Renato Santos estiveram em destaque neste capítulo, mas a falta de eficácia viria a tornar-se penalizadora para os axadrezados. Nos últimos cinco minutos do jogo, muitos benfiquistas ter-se-ão lembrado das palavras da velha raposa: “se não podes ganhar, pelo menos não percas”. O empate, ainda que não tão dramático como a derrota, colocaria o Sporting na liderança, apesar da igualdade pontual. Mas a verdade é que aos 92 minutos, num lance tão rápido, como simples, em três toques (passe em profundidade de Eliseu, assistência de cabeça de Carcela e remate de primeira de Jonas), o génio do brasileiro melhor marcador da Europa (a par com o “napolitano” Higuaín) descansou todos os que pensavam que o Benfica iria empatar a zero, como aconteceu com os Leões, na sexta jornada da competição.

LIGA NOS:

A jornada iniciou na sexta-feira, com o Rio Ave a ganhar ao Marítimo pela margem mínima. O clube de Vila do Conde cola-se ao Arouca na luta pelo último lugar europeu, após a derrota no sábado da equipa de Lito Vidigal perante um Sporting que não dá descanso ao rival da Luz. O bis de Gutiérrez e de João Mário fizeram o resultado ao intervalo, com Bryan Ruiz a voltar finalmente aos golos na segunda parte, com o golo de honra de Gegé a ser obtido em posição irregular.

O FC Porto alcançaria pouco depois uma vitória suada no Bonfim – e não foi pelo dilúvio que brindou portistas e sadinos no início de cada metade da partida. Apenas o golo de Sérgio de Oliveira fez a diferença. Já no Domingo, empates entre Tondela e Belenenses e entre Paços de Ferreira e Moreirense. O Nacional ganhou na Choupana ao Guimarães, o Estoril voltou a ganhar fora, desta vez em Coimbra, e finalmente o Braga consolidou o quarto lugar ao vencer o União da Madeira por duas bolas a zero.

O campeonato irá sofrer agora uma pausa, por via de compromissos das selecções nacionais, com a selecção das quinas a realizar dois jogos de preparação na sexta-feira, dia 25, perante a Bulgária, em Leiria e na terça-feira, dia 29, em Bruxelas, diante da selecção belga.

A Liga NOS regressa no fim-de-semana de 3 de Abril, com datas e horas dos jogos ainda por definir.
Classificação: 1º Benfica – 67 pts / 2º Sporting – 65 pts / 3º FC Porto – 61 pts
Melhor Marcador: 1º Jonas (Benfica) – 29 golos / 2º Slimani (Sporting) – 20 golos / 3º Mitroglou (Benfica) – 16 golos
Próxima Jornada: Belenenses – Sporting / Benfica – Braga / FC Porto – Tondela

EUROPA:

Escorregadela do Barcelona ao empatar no terreno do Villarreal, a duas bolas, com o Atlético de Madrid a não aproveitar a oportunidade de se aproximar, por ter perdido em Gijón, com o Sporting local. Já o Real Madrid ganhou ao Sevilha por 4-0 no Bernabéu, com Cristiano Ronaldo a marcar, mas também a desperdiçar uma grande penalidade. O Real cola-se ao Atleti e reduz assim para 10 os pontos que o separam do líder Barça, antes de El Classico a disputar no Camp Nou a 2 de Abril.

Em Inglaterra, não há quem pare o sensacional Leicester. Nova vitória fora, no campo do Crystal Palace. Mais um golo de Mahrez. O Tottenham não deixou a vantagem aumentar e no derby de Manchester, vitória dos Reds no City of Manchester.

Em Itália, a Juventus, após a eliminação na Liga dos Campeões, ganhou de goleada fora no derby de Turim. O Nápoles mantém a perseguição, com vitória sobre o Génova e a Roma perde terreno ao empatar no Olímpico perante o Inter.

Cinco pontos continuam a separar Borussia de Dortmund do topo da tabela. Vitória fora em Augsburg que não deu para encurtar distâncias, pois Bayern havia ganho na véspera no terreno do Colónia. O Hertha de Berlim fecha o pódio da Bundesliga.

No Parc des Princes, a vitória do Mónaco de Leonardo Jardim não chegou para estragar a festa do PSG, que despachou cedo a questão interna, podendo assim dedicar-se quase que em exclusivo à Champions. O Nice mantém o terceiro posto em França.

LIGA DOS CAMPEÕES / LIGA EUROPA:

Brilhante vitória do Sporting de Braga perante o Fenerbahçe de Nani, Bruno Alves e Vitor Pereira, na passada quinta-feira, no AXA. Apesar do primeiro golo ter sido obtido em posição irregular, o clube turco chegou ao intervalo empatado, após assistência de Nani. Já na segunda parte, o Braga chega novamente à vantagem após grande penalidade que sofreu grande contestação do clube visitante. A partir daí, o clube bracarense conseguiu alcançar uma vantagem confortável de 4-1, alcançando um lugar no sorteio de sexta-feira passada. Os quartos-de-final das duas competições ficaram assim sorteados:

Champions League (1ª mão a 5 e 6 de Abril / 2ª mão a 12 e 13 de Abril)
FC Bayern – Benfica
Barcelona – Atlético Madrid
Paris SG – Manchester City
Wolfsburg – Real Madrid

Europa League (1ª mão a 7 de Abril / 2ª mão a 14 de Abril)
Villarreal – Sparta Praga
Athletic Bilbao – Sevilha
Borussia Dortmund – Liverpool
Sporting de Braga – Shakhtar Donetsk

Artigo Publicado em Parceria com Diário do Distrito

Sem comentários:

Publicar um comentário