domingo, 20 de março de 2016

[Palmela]Sobreiro Grande com área de proteção e interpretação renovada

Espaço vai sofrer uma requalificação, preservando assim um sobreiro que tem 206 anos e que já é símbolo da Marateca 


Foi durante uma visita que a comitiva da Câmara de Palmela e da União de Freguesias da Marateca e Poceirão deram a conhecer um dos projetos mais ansiados por toda a população daquela que já foi uma freguesia e agora está agregada ao Poceirão.

O Sobreiro Grande de Águas de Moura é conhecido por alguns populares como “o casamenteiro”, por outros, o “assobiador”, uma árvore que tem 206 anos e mais de 16 metros de altura.

O projeto que foi apresentado pelo executivo liderado por Álvaro Amaro (CDU), engloba para já um primeiro estudo que se intitula de “Zona de Contemplação e Interpretação do Sobreiro de Águas de Moura”, estudo esse que apoia-se na visibilidade, nos níveis ambientais, patrimoniais e turístico, que para o presidente da Câmara de Palmela é importante desenvolver naquele local e também proteger um pouco o espaço e a árvore de eventuais utilizações abusivas.

Já o projeto desenvolvido pela autarquia, inclui um passadiço que encaminha os visitantes ao espaço e à informação interpretativa do sobreiro. No mesmo local irá também nascer um ginásio de fitness, localizado junto ao Espaço de Jogo e Recreio já ali existente.

O município não se esqueceu da importância do local e o projeto ainda inclui um conjunto de sinalética, quer direcional, quer para promoção turística a ser instalado na EN10 que conduzirá os visitantes até à aldeia de Águas de Moura.

A Câmara Municipal de Palmela já entregou o projeto ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) que está a estudar o mesmo, mas que segundo o comunicado da autarquia o estudo foi bem aceite pelo ICNF.

O concurso será lançado em breve assim que o estudo tenha o aval do ICNF.

Curiosidade sobre o sobreiro

O Sobreiro Grande de Águas de Moura é o mais antigo e mais produtivo do mundo, pois a árvore que tem 206 anos e uma altura de 16 metros é capaz de produzir 100 mil rolhas com a cortiça que produz.

Esta árvore está localizada perto do Centro de Saúde de Águas de Moura.Diário do Distrito

Sem comentários:

Publicar um comentário