segunda-feira, 14 de março de 2016

[ Actualidade - Economia] PSA Antuérpia recebe queixa de estivadores de Sines



A queixa foi encaminhada pelo Sindicato dos Estivadores para a PSA Antuérpia. A queixa apresentada pelo sindicado é contra a PSA/Laborsines


Foi apresentada uma queixa do Sindicato dos Esivadores à PSA Antuérpia contra a PSA/LAborsines, empresa que gere o terminal de contentores do porto de Sines, a queixa refere-se à violação da legislação e falhas de segurança que têm sido encontradas.

A denúncia, assinada pelos coordenadores europeus e mundial do International Workers Council (IDC), respetivamente, Anthony Tetard e Jordi Aragunde Miguens, com a presença do presidente do Sindicato dos Estivadores, Trabalhadores do Tráfego e Conferentes Marítimos do Centro e Sul de Portugal (SETC).

António Mariano, refere que “as violações são numerosas” e pedem à PSA-Antuérpia que faça as devidas “investigações necessárias” a fim de apurar as responsabilidades.

Em causa estão questões relacionadas com a segurança dos trabalhadores, que estarão associadas a dois acidentes mortais, limitação da liberdade de associação, assédio e ameaças de chefias superiores sobre trabalhadores.

A multinacional de Singapura PSA International é um dos principais operadores mundiais de portos e desenvolve a operação em Portugal através da PSA-Sines, concessionária do terminal de contentores de Sines.

Artigo publicado em parceria com Diário do Distrito

Sem comentários:

Publicar um comentário